Notícias da Beat

Polícia Federal registra a maior apreensão de cocaína da história do RJ

today6 de outubro de 2021 123

Fundo
share close

A Polícia Federal do Rio realiza a maior apreensão de cocaína da história da corporação no estado, ao encontrar aproximadamente cinco toneladas de cloridrato de cocaína no Porto. A droga estava em contêineres, escondida em caixas de sabão em pó. O material seria levado para Moçambique, na África.

Quatro toneladas e 300 quilos estavam em um contêiner, e foram localizadas por agentes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes e da Missão Redentor, com o apoio de cães farejadores. Enquanto descarregavam o material, os policiais encontraram mais 700 quilos em outro espaço no Porto do Rio.

A corporação abriu uma investigação para apurar quem são os responsáveis pelo transporte internacional da droga. Após a apreensão, a PF ainda prendeu em flagrante dois homens com 280 quilos de cloridrato de cocaína, na mesma região. Os policiais acreditam que eles iram colocar o material em um contêiner, mas não há confirmação se eles têm relação com as cinco toneladas apreendidas momentos antes.

A Missão Redentor foi criada pela Superintendência Regional da PF, em julho, para combater organizações criminosas violentas voltadas ao tráfico de drogas e armas, corrupção e crimes ambientais.

Fonte: BandNews FM

Written by: Rádio Beat FM

Rate it

Post anterior

Notícias da Beat

Jovens se envolvem em acidente com moto na noite desta terça em São José

Um acidente envolvendo duas motos foi registrado na noite desta terça-feira dia 05, por volta das 22h30, na Rua Santa Fé, em São José do Vale do Rio Preto. Segundo informações de populares, os dois condutores estariam em alta velocidade e acabaram por se colidir as motocicletas. Ainda não foi confirmada se essa seria a causa do acidente. O estado de saúde das vítimas também não chegou a ser divulgado […]

today6 de outubro de 2021 1730 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

0%