Notícias da Beat

Policiais militares do 30º BPM passam por treinamento para atender casos de violência contra a mulher

today15 de outubro de 2021 11

Fundo
share close

Policiais militares do 30º BPM em Teresópolis, na Região Serrana do Rio, passaram por um treinamento sobre violência contra a mulher nesta quinta-feira (14).

O treinamento foi ministrado pela tenente coronel Claudia Moraes, coordenadora do programa Patrulha Maria da Penha – Guardiões da Vida, e envolveu a conscientização, sensibilização, atualização de legislação e protocolos de atendimento às ocorrências.

De acordo com a Polícia Militar, o objetivo da iniciativa é alcançar um melhor atendimento às ocorrências emergenciais de violência doméstica, para que o policial seja capaz de fornecer uma melhor resposta técnica, qualificada e profissional.

De 2019 até 2021, foram realizadas 77 prisões por crimes contra a mulher na área do 30º BPM. A unidade já atendeu 947 mulheres. Destas, 686 foram inseridas no programa Patrulha Maria da Penha.

O treinamento desta quinta foi a segunda fase do Programa de Prevenção à Violência Contra a Mulher no âmbito da Secretaria de Estado de Policia Militar (SEPM).

Na primeira fase foi implementada e consolidada a Patrulha Maria da Penha. Já a segunda fase consiste na capacitação da tropa para que todos os setores de policiamento possam somar com o trabalho da Patrulha.

Fonte: G1

Written by: Rádio Beat FM

Rate it

Post anterior

Notícias da Beat

“Fila do Osso” em Petrópolis revela aumento da pobreza: doação de restos é proibida após repercussão de foto

Chegar cedo ao Centro da cidade para conseguir pegar ossos e pelancas de carnes é uma rotina na vida de uma aposentada de 71 anos. Moradora do Bairro da Glória, em Corrêas, ela conta que o que consegue pegar é dividido para as refeições e para os cachorros. Na manhã desta quinta-feira (14), a idosa não conseguiu levar para casa os “restos” de carne que estava acostumada a pegar. Após […]

today15 de outubro de 2021 238 6 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

0%