Notícias da Beat

Rotativo de Teresópolis será mais caro do que em cidades turísticas do Sul

today2 de maio de 2022 25

Fundo
share close

Há muitos anos, mas com mais ênfase na atual gestão, Teresópolis sonha “em ser Gramado”, tentando trazer para o nosso município experiências de sucesso no turismo da cidade Gaúcha e fazendo comparativos com belezas naturais e o característico frio de ambas as regiões. Comparações à parte, desnecessárias, vale frisar, visto que cada município tem suas próprias potencialidades, e por aqui podemos enfatizar diversas que não têm sequer nada semelhante, a reportagem do jornal O Diário e Diário TV fez uma pesquisa sobre uma novidade que será implementada por aqui, levando-se em conta o que é praticado em Gramado e Canela, tais “inspirações teresopolitanas”. Estamos falando do novo Rotativo, que tem previsão de início de cobrança em junho. E, infelizmente, se é que se pode dizer assim, constatamos que “vamos superar” tais cidades, pelo menos nesse quesito.

A tarifa pelo valor de uma hora de estacionamento definida pelo governo Vinicius Claussen será de R$ 2,50. Em Gramado, R$ 2,40. Em Canela, o valor cai para R$ 2,05. Outra interessante comparação, ainda nesse campo de “cidades semelhantes”, é quanto o turista terá que desembolsar para visitar importantes atrativos. A partir do final do segundo semestre, cada meia hora no entorno da Feirinha de Teresópolis, ou Feirinha do Alto, como é mais conhecida, vai custar R$ 2. Portanto, R$ 4 por hora. Em Gramado, na famosa Rua Coberta, em frente ao Palácio dos Festivais, acessada pela Avenida Borges de Medeiros, a tarifa por hora de estacionamento é de R$ 2,40 – ou seja, não há diferença para os demais pontos de cobrança.

Outra diferença entre a famosa cidade gaúcha e nossa espetacular Teresópolis é que, por lá, a prefeitura se limitou a cobrar pelo estacionamento nas ruas e avenidas principais. Por aqui, o governo Vinicius Claussem tem surpreendido o teresopolitano ao determinar a demarcação de vagas para a cobrança em ruas afastadas de regiões comerciais e acessos de bairros, como vias no entorno de em Agriões e Vila Muqui.

No segundo bairro, a equipe da empresa Sinal Vida, contratada pela prefeitura para fazer tal sinalização e instalação dos parquímetros, criou vagas em todo o lado direito da Rua Fernando Martins, bem longe do Centro e até local onde há uma curva fechada para a esquerda. Assim, os veículos terão que “disputar” espaço para subir ou descer com os carros estacionados tanto nas vagas “criadas” a mando da PMT como nas irregulares, nas calçadas. Situação semelhante iria ocorrer na Rua José Elias Zaquem, em Agriões. Porém, moradores se manifestaram sobre o grande prejuízo para o trânsito e, segundo a Assessoria de Comunicação de Prefeitura, “não haverá mudanças de via neste momento e essa via terá sua demarcação de vagas desfeita”.

Nesta sexta-feira, também buscamos do governo municipal, via Assessoria, a relação das ruas onde o teresopolitano terá que desembolsar altos valores para deixar seu veículo estacionado. Porém, ainda não há tal definição. “As ruas são as de maior concentração de comércio e serviços nos bairros do Alto, Agriões e Várzea, para assegurar o direito dos usuários ao consumo, democratizando o uso do espaço público para todos. A lista de ruas será disponibilizada em breve, em decreto a ser publicado no DOE municipal”, explicou a Assessoria.

Ainda segundo o documento, a tarifa mínima para todas as modalidades de pagamento será de 30 minutos: R$ 1,25 para área comercial e R$ 2,00 para área turística. Sobre as zonas especiais, onde o valor será bem mais alto, foi informado que: “Não existem zonas especiais pré-determinadas, elas serão estabelecidas diante de uma demanda específica, por exemplo na ocorrência de um grande evento onde possa ocorrer um fluxo muito grande de pessoas e veículos, gerando a necessidade de ordenamento pelo estacionamento nas proximidades. Nessas zonas, será cobrado um valor único pelo período do evento no valor de R$ 10,00”.

Mais sobre o novo Rotativo

  • Tempo livre – Todas as vagas terão tolerância de cobrança de 15 minutos. A partir daí, será cobrado o valor estabelecido por lei para a respectiva zona de cobrança de tarifa como informado a seguir;
  • Comercial – nas áreas com maior concentração de estabelecimentos comerciais e de serviços nos bairros da Várzea, Agriões e Alto. Cobrança de R$ 2,50/hora no período de 8h30 as 18h30, de segunda-feira a sábado. O período mínimo é de meia hora, com cobrança fracionada;
  • Turística – na Feirarte (onde os expositores terão direito a uma vaga por estande e serão isentos da cobrança). Cobrança no valor de R$ 2,00 a cada meia hora, no período de 8h30 às 18h30 nos feriados e fins de semana. Nos demais dias, a cobrança será a mesma da zona comercial;
  • Zona especial – R$ 10,00 pelo período único, em áreas próximas de espaços que receberem grandes eventos, por exemplo, a Festa do Produtor Rural.

Sistema de cobrança – A proposta é que o pagamento seja feito por meio de aplicativo, nos pontos de venda no comércio, por parquímetros e também pelos operadores do Novo Promaj. Serão distribuídos folders e publicados guias com o passo a passo para os usuários adquirirem os tíquetes.

Isenções

Motociclistas, que deverão estacionar exclusivamente em áreas previamente demarcadas e, nestes locais, não pagarão tarifa.

Idosos a partir de 60 anos e pessoas com deficiência, desde que estacionem seus veículos nas áreas delimitadas.

Moradores que estacionem até 100 metros da residência também terão isenção da tarifa a partir das 18h30 até às 10h do dia seguinte. Haverá chamamento para cadastramento.
Expositores da Feirarte (uma vaga por estande), em local previamente demarcado, para veículos cadastrados na Secretaria de Turismo. Será divulgada a data de cadastramento.

Fonte: Net Diário

Written by: Rádio Beat FM

Rate it

Post anterior

Notícias da Beat

Neste sábado dia 30 tem vacinação contra Influenza (gripe) e Sarampo em São José

Neste sábado dia 30 de abril, das 09 às 15h, estará acontecendo o Dia D de vacinação contra Influenza (gripe) e Sarampo em São José do Vale do Rio Preto. Após o Dia D, a aplicação dessas duas vacinas será feita de segunda a sexta-feira, durante todo o mês de maio. Ou seja, do dia 02 de maio a 31 de maio, no horário das 8h às 11h30 e 13h […]

today29 de abril de 2022 40

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *


PROMOÇÃO DA BEAT
BAIXE O APLICATIVO DA BEAT

BAIXE O APP DA BEAT FM

0%